Brasileira Puma Air começa a voar para Angola em Junho ou Julho

17 March 2010

São Paulo, Brasil, 17 Mar – A transportadora aérea brasileira Puma Air deverá começar a voar para Angola em Junho ou Julho próximo, disse em São Paulo o presidente da empresa Geison Gambogi.

“A frota da Puma crescerá até ao final do ano para três aviões a jacto Boeing 737-300, com capacidade para 134 passageiros cada e um Boeing 767, que será usado na rota Recife-Luanda, Angola”, disse ainda Gambogi, para acrescentar “vamos ser a única companhia brasileira com voos para África”.

O Boeing 767 é resultado de acordo de locação da Puma com a companhia aérea brasileira Gol, que vai operar o voo sob a bandeira da Puma, enquanto a nova empresa se encarregará da comercialização, disse o executivo.

Além dos investidores brasileiros, a Puma tem como sócia, com 20 por cento do capital, a companhia aérea Angola Air Service.

O vice-presidente da Puma, Jorge Vianna, que trabalhou na OceanAir antes de integrar a administração da Puma Air, afirmou que existem 45 mil brasileiros a viver em Luanda, mercado que é reforçado por projectos de empresas brasileiras como a Petrobras.

Até agora, a ligação entre Angola e o Brasil é feita pela estatal angolana Taag, disseram os executivos.

A companhia, que operava voos regionais desde 2002 no Pará e foi vendida em 2009 a um grupo de investidores brasileiros que incluem o empresário Geison Gambogi e a Ipiranga Obras Públicas e Privadas, pretende investir 100 milhões de reais ( US$ 56 milhões) no primeiro ano de operação.

A empresa inicia um voo diário entre o aeroporto de Guarulhos (São Paulo) e Belém no próximo dia 29, operando um avião Boeing 737-300 que integrava a frota da Gol. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH