Governo de Angola vai decretar redução do preços dos terrenos

22 March 2010

Luanda, Angola, 22 Mar – O governo de Angola está a preparar um decreto que vai definir o custo dos terrenos a nível nacional a fim de permitir aos promotores imobiliários trabalharem com preços mais baixos, afirmou sábado em Luanda o ministro do Urbanismo e Construção.

Momentos antes de partir para o Rio de Janeiro (Brasil), onde de 22 a 26 do corrente participa no 5º Fórum Urbano Mundial, José Ferreira reconheceu que de um modo geral os projectos imobiliários ainda têm preços elevados, situação que deve merecer correcção com a introdução de algumas medidas.

“Uma das questões que as pessoas colocam é que o valor da terra ainda é bastante alto, daí estarmos a trabalhar no sentido de definirmos um valor único a nível do país, por forma a que o promotor imobiliário não tenha que condicionar o valor da casa ao custo elevado do terreno”, sustentou.

O ministro disse ainda ser fundamental haver mais oferta de habitação a fim de que os preços baixem e acrescentou que, no âmbito do programa de fomento habitacional do governo, as casas têm preços bem definidos, quer as de baixo custo quer as de renda média.

Ainda no âmbito daquele programa de fomento, José Ferreira disse terem sido já assinados protocolos com quatro empresas imobiliárias, o que irá permitir nesta primeira fase a construção de 150 mil habitações, para além do programa de auto-construção que será dinamizado com a venda dos lotes urbanizados e dos kits à população.

O 5º Fórum Urbano Mundial, a decorrer no Rio de Janeiro, tem como objectivo debater o papel dos governos em assegurar que sejam respeitados os direitos dos pobres por constituírem a maioria dos habitantes das cidades. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH