Governo de Moçambique vai apresentar novo investidor para projecto de biocombustíveis de Massingir

23 March 2010

Maputo, Moçambique, 23 Mar – O governo de Moçambique vai apresentar “em breve” um novo investidor para o projecto de biocombustíveis de Massingir, província de Gaza, sul de Moçambique, informou segunda-feira em Maputo o primeiro-ministro Aires Bonifácio Ali.

O primeiro-ministro não divulgou o nome do novo investidor.

Em Janeiro último, o governo moçambicano denunciou o contrato assinado com a Procana, empresa que pretendia produzir açúcar e etanol, um projecto estimado em 500 milhões de dólares.

Na ocasião, o vice-ministro da Educação e porta-voz do Conselho de Ministros, Luís Covane, disse que o contrato foi declarado nulo uma vez que a Procana não respeitou as suas obrigações contratuais, tendo-se limitado a limpar 800 hectares de terreno de um total de 30 mil hectares.

Projectos de investimentos em biocombustíveis ganharam forma pouco tempo depois da crise do petróleo verificada recentemente.

Um projecto de biocombustíveis, considerado bem sucedido, está a ser desenvolvido pela Mozambique Principe Energic das Ilhas Maurícias, que investiu 400 milhões de dólares para a produção de etanol, em Sussundenga, província central de Manica. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH