Cimentos de Moçambique, grupo Cimpor, investe 18 milhões de euros para duplicar produção

29 March 2010

Maputo, Moçambique, 29 Mar – A Cimentos de Moçambique, do grupo português Cimpor, anunciou sexta-feira a duplicação da produção de cimento para um milhão de toneladas anuais na sua principal fábrica em Moçambique, num investimento orçado em 18 milhões de euros.

O reforço da capacidade de produção na unidade da Cimentos de Moçambique na Matola, sul do país, previsto para 2011, visa responder ao aumento da procura na região, refere a empresa em comunicado.

“A fábrica de cimento da Matola tem uma capacidade instalada de aproximadamente 500 mil toneladas por ano. Esta capacidade fica muito aquém de cobrir as necessidades actuais de cimento, na zonal sul do país, onde se perspectiva a continuação de um elevado crescimento”, diz a Cimentos de Moçambique.

Para aumentar a produção, será instalado um novo moinho de cimento tendo a empresa assinado um contrato com a construtora sul-africana Group Five cobrindo as componentes de construção civil, eléctrica e montagem mecânica.

“Os principais equipamentos mecânicos já foram entregues pela empresa austríaca Christian Pfeiffer”, refere ainda a nota, em que se sublinha que com a nova capacidade instalada “a empresa ficará preparada para cobrir as necessidades totais do mercado nacional, em particular da zona sul, nos próximos oito anos”.

Além da unidade da Matola, a Cimpor opera também as fábricas de cimento da Beira, centro, e Nacala, norte de Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH