Air Macau com prejuízo de 32 milhões de dólares em 2009

31 March 2010

Macau, China, 31 Mar – A Air Macau obteve um prejuízo de 257 milhões de patacas (32,1 milhões de dólares) em 2009 devido à crise internacional e ao estabelecimento de voos directos entre Taiwan e a China, afirmou terça-feira em Macau o presidente executivo da transportadora.

Zhao Xiaohang, que na empresa acumula as funções de presidente (chairman), disse que, no entanto, a empresa conseguiu melhorar os resultados obtidos em 2008, ano em que o prejuízo se situou em mais de 400 milhões de patacas (50 milhões de dólares).

“Tivemos uma grande melhoria no segundo semestre (de 2009)…muito melhor do que a primeira metade do ano e esperamos regressar aos lucros este ano”, disse Zhao, citado pela imprensa de Macau.

Em Dezembro de 2009, a Air China injectou 158,7 milhões de patacas na empresa, na sequência de uma operação harmónio destinada a absorver prejuízos, tendo aumentado a sua participação na empresa de 51 para 80,86 por cento.

Além da Air China, os restantes principais accionistas da Air Macau são a Sociedade de Turismo e Diversões de Macau (14 por cento), Região Administrativa Especial de Macau (5 por cento) Evergreen Airways (0,25 por cento).

A empresa, fundada em Novembro de 1995, voa actualmente para diversos destinos na China, Tóquio e Osaka no Japão e Tailândia, Coreia do Sul e Filipinas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH