Angola vai adquirir embarcações para patrulhar as águas territoriais

9 April 2010

Lobito, Angola, 9 Abr – O Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas de Angola vai reforçar a fiscalização das águas territoriais com a introdução de novos equipamentos de patrulhamento, afirmou quinta-feira no Lobito o titular da pasta.

À margem da visita que efectua à província de Benguela, o ministro Afonso Pedro Canga garantiu estar em curso o plano de aquisição ainda este ano de embarcações e outros equipamentos em quantidades suficientes para controlar a costa marítima angolana em toda a sua extensão.

De acordo com o ministro, o sector das pescas é um dos que está a merecer maior atenção da sua direcção a par do ramo da agricultura e do desenvolvimento rural, por serem geradoras de centenas de postos de trabalho, ao mesmo tempo que garante o desenvolvimento socioeconómico das famílias e do Estado.

Quarta-feira, primeiro dia da visita com duração de três dias, o ministro Pedro Canga inteirou-se do funcionamento do Centro de Investigação Marinha do Lobito e visitou ainda a cooperativa de pescadores da povoação da Damba Maria.

A falta de embarcações a motor, material como anzóis, redes, bóias são os problemas que os pescadores artesanais apresentaram ao ministro.

A visita do ministro prosseguiu quinta-feira com uma deslocação ao município pesqueiro da Baía Farta, alguns quilómetros a sul da cidade de Benguela. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH