Mozambique Leaf Tobacco investe 100 milhões de meticais na compra de tabaco

9 April 2010

Maputo, Moçambique, 9 Abr – A Mozambique Leaf Tobacco vai investir este ano 100 milhões de meticais na aquisição de tabaco produzido pelos camponeses das províncias do Niassa, Tete, Zambézia e Manica, afirmou um dos directores da empresa.

Citado pela imprensa moçambicana, Pedro Calheiros disse que com aquele montante a empresa vai adquirir cerca de 57 mil toneladas de matéria-prima, a ser produzida numa área de cerca de 60 mil hectares, envolvendo 120 mil camponeses.

Apesar da queda irregular das chuvas, a empresa espera conseguir atingir as metas planificadas com os camponeses que fornecem o tabaco, devido ao cumprimento das instruções deixadas pela companhia para uma produção sustentável do tabaco.

Para além do tabaco “Burley”, que tradicionalmente tem estado a ser produzido pela empresa, na presente campanha iniciou-se a produção do tabaco “Virgínia”, com estimativas de conseguir mil toneladas. Quanto ao tabaco “escuro”, mais conhecido por “DCE”, a empresa espera alcançar uma produção de quatro mil toneladas.

Tete é a província onde se pode verificar o maior investimento da Mozambique Leaf Tobacco, avaliado em cerca de 50 por cento da produção total, seguindo-se a província de Niassa, que produz, na sua maioria, o tabaco “Burley”.

A província de Tete, na campanha agrícola de 2008/09, produziu cerca de 42 979 toneladas de tabaco, superando as 37 597 toneladas produzidas na campanha do ano anterior, o que representa um crescimento de cerca de 12 por cento.

Os preços da comercialização deste produto, na província de Tete, variam entre 21 e 60 meticais, por quilo, dependendo da qualidade do produto. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH