Noruega concede 19 milhões de euros para combate à pesca ilegal em Moçambique

14 April 2010

Maputo, Moçambique, 14 Abr – A secretária de Estado para o Desenvolvimento Internacional do Reino da Noruega, Ingrid Fiskaa, anunciou terça-feira um financiamento de 19 milhões de euros para o sector das pescas em Moçambique, nomeadamente para o combate à pesca ilegal.

Moçambique tem apenas um barco de patrulha marítima alugado com um raio de acção até 50 milhas da costa, pago pela Noruega e pela Islândia, no âmbito do auxílio dos dois países ao sector de pescas moçambicano.

A governante que a Noruega vai continuar a apoiar Moçambique no sector das pescas no âmbito do acordo de quatro anos rubricado recentemente com o Governo de Moçambique que prevê assistência técnica ao sector nomeadamente na luta contra a pesca ilegal em Moçambique.

No ano passado, o “Kuswag I” patrulhou vastas áreas da costa moçambicana durante 150 dias, tendo feito mais de 1800 inspecções e detectado 20 navios comerciais, 80 navios semi-industriais e 64 navios pequenos.

A pesca ilegal em Moçambique pode ter “sérias implicações para a economia moçambicana”, reconheceu entretanto à agência de noticias Lusa o vice-ministro das Pescas moçambicano, Gabriel Muthisse.

“Moçambique só tem capacidade de monitorar até 50 milhas” da costa marítima, acrescentou o dirigente.

“As maiores perdas ocorrem na área onde se pesca o atum, porque a nossa capacidade de chegar lá é muito pequena ainda,porque é depois das 50 milhas. Dentro das 50 milhas, as perdas são relativamente pequenas” disse.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH