Governo de Angola utiliza linha de crédito da China para compra de material ferroviário

15 April 2010

Luanda, Angola, 14 Abr – O Conselho de Ministro de Angola aprovou a compra de 15 locomotivas, 150 carruagens e 231 vagões, para a rede ferroviária do país, escreve hoje a Angop.

A compra prevê ainda material sobressalente para a assistência técnica e manutenção dos equipamentos adquiridos.

Os contratos adjudicados prevêm a utilização da linha de crédito concedida pela China para a construção de infraestruturas integradas nas cidades de Cabinda, Soyo, Mbanza Congo e Nzeto, província do Zaire, e Malange.

Angola está a recuperar os caminhos-de-ferro de Angola com uma extensão de 2.722 quilómetros num investimento previsto de quatro mil milhões de dólares na sua maior parte subsidiado pela China.

As três linhas principais de Angola são Luanda, Benguela e Namibe.

Empresas chinesas como a China Railway 20 Bureau Group Corporation (CR-20) e a CMEC-TEC estão envolvidas nos trabalhos de recuperação das redes ferroviárias de Angola.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH