Moçambique quer exportar para o mercado europeu produtos não-tradicionais

16 April 2010

Maputo, Moçambique, 16 Abr – O Instituto para a Promoção de Exportações (IPEX) de Moçambique, em Maputo, lançou sete projectos-piloto destinados a testar a potencialidade de exportação para o mercado europeu de produtos não-tradicionais, segundo anunciou a Rádio Moçambique.

O financiamento do projecto estimado em 1,2 milhões de euros será coberto em 63 por cento pela Embaixada da Holanda em Moçambique, e os restantes 33 por cento estarão a cargo do Instituto para a Promoção de Exportações.

De acordo com a directora-geral do IPEX, Cecília Candrinho, Moçambique pretende introduzir no leque das exportações nacionais para a Europa produtos como a manga, amendoim, ananás, artesanato, piripiri e feijões, assim como garantir a entrada directa naquele mercado da castanha de caju.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH