Chevron e indiana ONGC interessadas nos blocos petrolíferos da ZEE de São Tomé e Príncipe

20 April 2010

Nova Iorque, Estados Unidos da América, 20 Abr – As petrolíferas norte-americana Chevron Texaco e indiana Oil and Natural Gas Corporation (ONGC) deverão participar no leilão de blocos petrolíferos na zona económica exclusiva de São Tomé e Príncipe, disse o director da Agência de Petróleo do arquipélago.

Em declarações na passada semana à agência noticiosa portuguesa Lusa, Luís Prazeres disse que as duas petrolíferas foram as que manifestaram mais interesse na reunião que se realizou na quinta feira na cidade de Houston, Texas, tendo solicitado acesso ao dossier técnico dos blocos que se encontram a leilão.

O evento de Houston, assessorado pela consultora britânica PGS Marine, contou com a presença de mais de 15 empresas do sector, nomeadamente a norte-americana Conoco Philips e a nórdica Maersk.

O leilão internacional de blocos foi lançado em Londres, no início de Março, e está aberto até 15 de Setembro, seguindo-se a avaliação das propostas, a inscrição das empresas e a negociação dos contratos com as companhias.

O processo de licenciamento diz respeito a sete dos 19 blocos identificados na zona económica exclusiva (ZEE) do arquipélago – os blocos 1, 2, 3 e 6 da Zona A e os blocos 7, 8 e 13 da Zona B.

No início, o processo foi seguido pela petrolífera chinesa Sinopec mas, de acordo com Prazeres, ainda não houve uma manifestação de interesse concretas.

A próxima apresentação pública do leilão terá lugar numa conferência do sector petrolífero em Junho, no Gana. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH