Governo de Moçambique aprova novos salários mínimos

28 April 2010

Maputo, Moçambique, 28 Abr – O governo de Moçambique aprovou terça-feira em Maputo os novos salários minímos nacionais com aumentos que variam entre 6,2 por cento e 26,9 por cento, informou o porta-voz do Conselho de Ministros, Alberto Nkutumula.

Os aumentos aprovados terão efeito rectroactivo a 1 de Abril e serão mais elevados para o sector das actividades financeiras, que compreende a criação, obtenção e redistribuição de meios financeiros, seguros e fundos de pensões, excluindo a componente de segurança social, cujos trabalhadores irão ganhar mais 26,9 por cento.

Os trabalhadores do sector do açúcar são os que vão ter um menor aumento, 6,2 por cento.

Em termos gerais, o sector agrícola tem um aumento de 13 por cento, o da pesca 7,3 por cento, a indústria e extração minerais 13,2 por cento, a indústria transformadora 8,6 por cento, a produção e distribuição de energia, água e gás 10,8 por cento, a construção 15 por cento, as actividades e serviços não-financeiros 14 por cento e a administração pública, defesa e segurança pelo menos nove por cento de aumento.

A título de exemplo, um trabalhador das actividades financeiras passa a ganhar como salário mínimo 3483 meticais (102 dólares) e o salário do trabalhador do sector açúcar passa a ser de 1593 meticais por mês (46,6 dólares). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH