Governo de Moçambique vai apoiar indústria de empacotamento

3 May 2010

Maputo, Moçambique, 3 Mai – O governo de Moçambique pretende fazer reviver a indústria de empacotamento estando a atribuir incentivos que incluem facilidades na importação de equipamentos e matéria-prima, afirmou quinta-feira em Maputo o ministro da Indústria e Comércio.

António Fernando disse que o crescimento da economia de Moçambique coloca desafios à indústria de empacotamento do país, que terá de se actualizar a fim de responder à procura das micro, pequenas e médias empresas.

O ministro falava na sessão inaugural de uma conferência internacional sobre oportunidades de negócio no sector do empacotamento em Moçambique, onde existem actualmente 33 empresas em funcionamento, 27 das a operar com plástico, 4 com cartão e duas com metal.

Mas o país enfrenta uma falta de fornecedores de garrafas e outros artigos em vidro, que são muito procurados, particulamente pelas empresas produtoras de bebidas, com as de maior dimensão a terem de produzir elas próprias os materiais de que necessitam.

No entanto, as empresas de menor dimensão não conseguem produzir os materiais de empacotamento de que precisam, sendo muito vezes obrigadas a importá-lo, e a situação é muito mais grave nas zonas mais remotas do país, onde os pequenos produtores rurais não têm acesso a qualquer tipo de embalagens.

A concluir, António Fernando disse que a indústria de empacotamento é uma prioridade nacional, particularmente numa altura em que o governo está empenhado na promoção da produção, consumo doméstico e exportação de produtos nacionais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH