Comissão Europeia revê em alta marginal crescimento da economia de Portugal este ano

6 May 2010

Bruxelas, Bélgica, 6 Mai – A Comissão Europeia reviu quarta-feira em alta marginal de 0,3 por cento para 0,5 por cento o crescimento da economia de Portugal este ano mas abaixo da estimativa de 0,7 por cento do governo português.

Nas Previsões da Primavera, quarta-feira divulgadas em Bruxelas, a economia de Portugal terá uma recuperação modesta, sendo o crescimento de 0,5 por cento este seguido de um de 0,7 por cento no próximo ano.

No Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) actualizado em finais de Março, o governo português previa que, depois da contracção de 2,7 por cento do PIB em 2009, o produto iria crescer 0,7 por cento este ano, 0,9 por cento em 2011 e 1,3 por cento em 2012.

Em contraponto, a Comissão Europeia antecipou que o défice orçamental de Portugal será este ano de 8,5 por cento do Produto Interno Bruto e de 7,9 por cento em 2011, acima do previsto pelo governo português no Programa de Estabilidade e Crescimento (8,3 por cento e 6,6 por cento).

Quanto ao desemprego, a Comissão Europeia prevê uma taxa de 9,9 por cento em 2010 e 2011, em linha com as previsões do governo português e abaixo dos números apontados pelo Fundo Monetário Internacional. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH