Missão do FMI em Cabo Verde para avaliar apoio à política económica e financeira

14 May 2010

Praia, Cabo Verde, 14 Mai – Uma missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) chegou quinta-feira a Cabo Verde no quadro da avaliação do Instrumento de Apoio à Política Económica e Financeira (Policy Support Instrument – PSI), informou quinta-feira na Praia a porta-voz do Ministério das Finanças.

Alícia Brito disse à agência noticiosa portuguesa Lusa que a missão técnica, chefiada pelo economista gambiano Lamin Leigh, permanecerá em Cabo Verde até 25 deste mês para proceder à avaliação do acordo assinado com o FMI em Julho de 2006 e que se prevê seja alargado por mais um ano (até Julho de 2011).

“A revisão passa por uma avaliação global da situação económica e financeira do país”, sublinhou Alícia Brito, realçando que a missão vai encontrar-se, na Praia, com os responsáveis e dirigentes dos sectores público e privado, além de deslocar-se à ilha de Sal, onde terá encontros de trabalho com diversos operadores económicos.

No final da anterior missão efectuada a Cabo Verde, em Abril de 2009, Lamin Leigh, director de Divisão do Departamento África do FMI, afirmou que o desempenho macroeconómico cabo-verdiano continuava a mostrar-se “robusto”, salientando, porém, que as dificuldades económicas globais “impõem novos desafios”.

A optimização da execução do orçamento de 2009 e medidas de reforço da gestão das finanças, da dívida e do sector financeiro eram, na altura, os objectivos a alcançar com as novas medidas, pelo que serão essas algumas das questões a avaliar. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH