Brasileira Vale vai exportar minério de ferro de Moçambique para a China e Omã

24 May 2010

Maputo, Moçambique, 24 Mai – A Vale Moçambique, subsidiária do grupo brasileiro Vale, irá produzir anualmente 1 milhão de toneladas de concentrado de ferro quando iniciar a exploração das minas no distrito de Monapo, província de Nampula, informou o jornal Notícias, de Maputo.

Em declarações ao jornal, Júlio Barroso, gerente da Vale Moçambique, disse que a empresa, especializada na extracção e comercialização de minérios, já assinou contratos para a venda do concentrado de ferro à China e ao Omã.

Com este negócio, cuja exploração efectiva arranca dentro dos próximos quatro anos, a Vale Moçambique espera arrecadar 100 milhões de dólares pela exportação do concentrado do minério de ferro para aqueles dois países.

As jazidas de ferro localizadas em Evate, distrito de Monapo, têm quantidades para serem exploradas por um período estimado em 28 anos, segundo estudos de prospecção realizados até 20 mil metros de profundidade pela Vale Moçambique, nos últimos três anos.

O projecto da Vale para o Monapo inclui a construção de diversas infra-estruturas comportando fábricas de processamento, barragem para garantia de abastecimento de água, central de transformação de energia eléctrica, entre outras, vai empregar cerca de 800 trabalhadores, dez por cento dos quais estrangeiros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH