Banco Mundial e governo de Moçambique assinam em Junho acordo para sector da energia

25 May 2010

Maputo, Moçambique, 25 Mai – O Banco Mundial vai conceder um financiamento de 80 milhões de dólares a Moçambique para projectos de energia, a terem início dentro de dois meses, disse segunda-feira em Maputo o representante residente do Banco Mundial em Moçambique.

Falando no final de uma reunião de auscultação pública sobre a nova estratégia de energia do Banco Mundial para África subsaariana, Boris Utria disse que o banco tem igualmente um projecto de energias renováveis que arrancará no próximo ano.

“Acabámos de apresentar à administração do Banco Mundial este projecto de 80 milhões de dólares e um outro de 160 milhões de dólares juntamente com outros parceiros, visando a electrificação rural em Moçambique”, disse.

Boris Utria lembrou que “Moçambique tem muitas áreas a explorar” no sector energético, destacando também a necessidade de renovação de infra-estruturas em alguns países de África.

No encontro de segunda-feira na capital moçambicana, Lúcio Monari, também do Banco Mundial em Moçambique, considerou que o sector energético em África enfrenta “um grande défice de financiamento”, apesar de o apoio do sector privado estar a crescer.

“Há uma grande necessidade de renovação e expansão de infra-estruturas no sector de energia em África”, disse Monari, para acrescentar que “a rede de distribuição precisa ser ampliada para chegar a mais de seis milhões de clientes por ano na próxima década”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH