Grupo português vai construir cimenteira em Angola

26 May 2010

Luanda, Angola, 26 Mai – A Sociedade Lusa de Negócios Internacional (SLNI) vai construir uma fábrica de cimento em Angola nos termos de um contrato assinado segunda-feira em Luanda com a Agência Nacional de Investimento Privado (ANIP), informou a agência noticiosa angolana Angop.

O projecto denominado SLN – Fábrica de Cimento e Clinker de Benguela representa um investimento de 294 milhões de dólares e conta com a participação da da Caixa de Segurança das Forças Armadas Angolanas e outros investidores privados nacionais.

A ser erigido na cidade do Lobito, província de Benguela, o projecto, que começa a ser executado dentro de 90 dias, arranca com a construção de instalações de apoio às operações e equipamentos sociais, bem como a criação de infra-estruturas portuárias e ferroviárias.

A SLN – Fábrica de Cimento e Clinker de Benguela, cuja construção durará quatro anos, irá produzir anualmente, nos três primeiros anos de actividade, 910 mil toneladas de cimento, que aumentará para 1,8 milhões de toneladas em 2016.

Este projecto do grupo português SLNI foi aprovado pelo governo de Angola em Outubro de 2009. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH