Angola vai ter centro de navegação marítima em Sumbe em 2012

27 May 2010

Sumbe, Angola, 27 Mai – A Sonangol investiu 17 milhões de euros, de um total de 60 milhões previstos, na construção da primeira escola náutica de Angola, na aldeia do Candumbo (Kicombo) município do Sumbe, província do Kwanza Sul.

A primeira fase do projecto, avaliada em 17 milhões de euros, começa em Junho próximo e termina em Março de 2011, com a construção dos acessos rodoviários, arruamentos e infra-estruturas gerais.

A segunda fase do projecto compreende a construção das infra-estruturas escolares e começa em Junho de 2012.

A escola náutica poderá formar marinheiros e pessoal de apoio à navegação marítima.

“A frota marítima da Sonangol está a crescer e, tendo em conta o processo de angolanização em curso no sector, devemos formar, nos primeiros cinco anos, 392 quadros angolanos nas especialidades de oficinas e posteriormente os cursos de engenharia de motor e pessoal de navegação,” segundo um responsável da Sonangol.

Actrualmente os quadros angolanos são formados na África do Sul, Índia e Glasgow (Reino Unido), facto que tem sido bastante oneroso para Angola.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH