Projecto Zambeze da Riversdale Mining em Moçambique tem 9 mil milhões de toneladas de carvão

1 June 2010

Sidney, Austrália, 1 Jun – A empresa mineira australiana Riversdale Mining anunciou segunda-feira em Sidney uma revisão em alta para 9 mil milhões de toneladas das reservas de carvão existentes no seu projecto Zambeze, no distrito de Changara, província de Tete, Moçambique.

Controlado a 100 por cento pela Riversdale Mining, o projecto Zambeze é o segundo maior da empresa na bacia carbonífera de Moatize, é adjacente ao projecto de carvão de Benga e compreende uma área de exploração de 24 740 hectares, sendo substancialmente maior do que o de Benga.

No dia 18 de Maio passado, a Riversdale Mining anunciou uma revisão em alta de 84 por cento para 502 milhões de toneladas as reservas confirmadas de carvão no projecto de Benga, explorado em consórcio com o grupo indiano Tata Steel.

As reservas estimadas deste projecto de Benga situam-se actualmente em 4 mil milhões de toneladas.

Com este aumento das reservas confirmadas ganham força os planos do consórcio de extrair mais de 20 milhões de toneladas de carvão por ano, quer para a exportação quer para alimentar a central térmica também programada para Tete.

A construção da Fase 1 ficará concluída no segundo semestre de 2011, devendo produzir 5,3 milhões de toneladas ROM (à saída da mina) por ano.

A mina de carvão de Benga, cuja exploração representa actualmente um investimento de mais de 800 milhões de dólares, é detido por uma parceria entre a Riversdale Mining (65 por cento) e Tata Steel (35 por cento). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH