Bolsa de Moçambique vai admitir à cotação pequenas e médias empresas

14 June 2010

Maputo, Moçambique, 14 Jun – A Bolsa de Valores de Moçambique (BVM) aprovou o regulamento relativo ao segundo mercado, passo decisivo para a transacção em bolsa de valores mobiliários emitidos por pequenas e médias empresas, informou o diário Notícias, de Maputo.

O regulamento agora aprovado determina as condições de admissão à cotação e permanência dos valores mobiliários no segundo mercado, as informações a fornecer às autoridades competentes e ao público e os encargos de admissão e manutenção de cotações.

Os preparativos para a concretização deste segmento de mercado de capitais para pequenas e médias empresas duram há já alguns anos.

No ano passado, a BVM assinou acordos com o Instituto de Gestão e Participações do Estado (Igepe) e com a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) visando a sua dinamização.

Fontes da Bolsa disseram na altura que o envolvimento das três instituições era fundamental na sensibilização, educação e formação de todos os intervenientes no mercado de capitais, desde o público até às classes profissionais, passando pelas empresas e instituições financeiras.

A admissão à cotação das pequenas e médias empresas representa, fundamentalmente, mais uma oportunidade de financiamento em condições mais interessantes do que as que actualmente são oferecidas pela banca comercial.

Desde a sua criação em finais da década de 90, a Bolsa de Valores de Moçambique vinha transaccionando apenas capitais para as grandes empresas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH