Eletrobras do Brasil vai estudar linha de alta tensão em Moçambique

18 June 2010

Rio de Janeiro, Brasil, 18 Jun – A Eletrobras vai efectuar o estudo para a construção de uma linha de transmissão de alta tensão de 1400 quilómetros ligando a província de Tete a Maputo, capital de Moçambique, ao abrigo de um acordo terça-feira assinado na sede da estatal, no Rio de Janeiro.

De acordo com a imprensa brasileira, o estudo deverá ficar concluído até ao primeiro trimestre de 2011 e deverá antecipar, de acordo com a Eletrobras, a construção de duas linhas em corrente contínua de 800 kilovolts e uma terceira em corrente alterna de 400 kilovolts bem como a possibilidade da energia a ser produzida em Moçambique ser exportada para a África do Sul.

O estudo, a ser efectuado ao abrigo do acordo de cooperação assinado no decurso da visita ao Brasil do ministro moçambicano da Energia, Salvador Namburete, irá analisar igualmente as medidas necessárias para preparar a infra-estrutura de transmissão de energia na região central de Moçambique para futuros aproveitamentos hidroeléctricos no país, particularmente os do vale do rio Zambeze.

O custo total do projecto da linha Centro-Sul, conhecida em Moçambique por “espinha dorsal” está estimado em 1,4 mil milhões de dólares embora a imprensa brasileira tenha mencionado 2,8 mil milhões de dólares, devendo este valor incluir a construção da barragem de Mpanda Ncua, a juzante do aproveitamento hidroeléctrico de Cahora Bassa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH