Cerca de três dezenas de projectos industriais vão surgir este ano na província da Huíla, Angola

23 June 2010

Lubango, Angola, 23 Jun – Pelo menos 27 projectos industriais vão surgir, ainda deste ano, na província da Huíla, sendo 15 no Pólo Industrial da Matala e 12 na localidade de Cassinga, informou terça-feira a agência noticiosa angolana Angop.

A agência cita o Programa Executivo do Sector da Indústria Transformadora para o período 2009/2012 para adiantar que o investimento previsto ultrapassa 90 milhões de dólares, valor que inclui a instalação das unidades industriais e a formação do respectivo pessoal.

O programa prevê a construção de uma fábrica de arame farpado, pela empresa Trans Angola, uma outra de frigoríficos e arcas frigoríficas, pela Franklin & Whitney (FW), bem como de uma de colchões de mola pela Sociedade Alterfran e Filhos, num investimento total de cinco milhões de dólares.

De igual modo será construída uma fábrica de processamento e transformação de hortofrutícolas no município da Chibia, acção a empreender pelo grupo Admar Damião, orçada em quatro milhões de dólares, bem como outra de recauchutagem de pneus, pela mesma instituição, um investimento estimado em dois milhões.

Outras acções projectadas pelo sector provincial de indústria traduzem-se na construção de uma gráfica, orçada em cinco milhões de dólares, assim como a recuperação da moageira de milho Ex-Saidy e Mingas, empreendimento agora sob gestão da Sociedade Comercial Lizena Limitada “Socolil”, orçada em 15 milhões de dólares.

Relativamente ao Pólo da Matala, o documento prevê a participação de empresas como a Sociedade de Desenvolvimento Sodemat, que vai investir 6 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH