Delegação de empresários da China visita Moçambique em Julho

23 June 2010

Xangai, China, 23 Jun – Uma delegação de 50 homens de negócios da China, entre os quais gestores ou proprietários de algumas das maiores empresas do país, deverá visitar Moçambique em Julho para analisar oportunidades de investimento, afirmou em Xangai o primeiro-ministro de Moçambique.

De acordo com a imprensa moçambicana, o primeiro-ministro Aires Ali anunciou a deslocação a Moçambique da delegação de homens de negócios da China na sequência de um encontro com o responsável máximo de um consórcio financeiro chinês e de outros empresários de Xangai.

Ainda em Xangai, a última etapa de uma visita de seis dias à China, Aires Ali visitou duas grandes empresas do sector das telecomunicações, a ZTE, que é parceira da estatal Telecomunicações da Moçambique (TdM) e a Huawei ambas em Shenzhen junto à fronteira de Hong Kong.

A visita, iniciada na quarta-feira em Pequim, “ultrapassou as expectativas”, de acordo com fontes diplomáticas moçambicanas, tendo sido alcançados vários acordos, um dos quais respeita à última fase da modernização do Aeroporto Internacional de Maputo, obra orçada em 65 milhões de dólares, que deverá arrancar ainda este ano com financiamento do Banco de Exportações-Importações da China (ExIm Bank).

Outra instituição financeira directamente tutelada pelo Conselho de Estado chinês, o Banco de Desenvolvimento da China, vai “disponibilizar” 80 milhões de dólares para construir uma fábrica de cimento na província de Sofala e mais 20 milhões de dólares para uma unidade de processamento de algodão em Magude, no sul do país.

Aires Ali viajou com quatro ministros, das Finanças (Manuel Chang), Obras Públicas e Habitação (Cadmiel Muthemba), Transportes e Comunicações (Paulo Zucula) e Recursos Minerais (Esperança Bias). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH