Banco da China em busca de grandes clientes no Brasil

28 June 2010

São Paulo, Brasil, 28 Jun – O Banco da China no Brasil pretende chegar ao final do ano tendo na sua carteira de clientes 50 empresas de grande dimensão, afirmou quarta-feira em São Paulo o presidente da instituiçao, Zhang Jianhua.

No decurso de um encontro realizado na sede da Federação do Comércio de São Paulo (Fecomercio-SP), em parceria com a Câmara Brasil-China de Desenvolvimento Económico (CBCDE), Zhang Jianhua disse que a instituição que dirige tem presentemente na sua carteira de clientes 20 empresas chinesas e brasileiras.

Dizendo que o Banco da China no Brasil, em funcionamento desde 2009, iniciou a sua actividade de forma controlada a fim de conhecer o mercado e a legislação brasileira, Zhang garantiu que a partir do segundo semestre o banco vai acelerar, actuando principalmente na área da importação e exportação.

A partir do final do ano e ao longo de 2011, Zhang Jianhua pretende que o Banco da China no Brasil começe a conceder financiamento e entre no mercado de derivados e de empréstimos sindicados.

“Estamos a ponderar financiar empresas chinesas que pretendam comprar terras para plantar tabaco e soja, produtos que a China importa anualmente em grande quantidade”, afirmou.

O escritório do Banco da China em São Paulo é, por enquanto, o único da instituição na América do Sul.

O banco, que entre 1949 e 1985 era responsável por todo o comércio exterior da China, tem mais de 10 mil agências na China e 600 escritórios em todo o mundo, dispondo de activos que excedem 1 bilião de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH