African Queen Mines vai iniciar prospecção de ouro em Tete, Moçambique

30 June 2010

Vancouver, Canadá, 30 Jun – A empresa mineira canadiana African Queen Mines anunciou segunda-feira em Vancouver ir dar início à prospecção de ouro na sua concessão “Projecto rei Salomão”, na província de Tete, em Moçambique.

De acordo com um comunicado divulgado na página electrónica da empresa, a African Queen Mines e a sua parceira, a empresa suiça Opti Metal Trading Ltd, contrataram a Resource Drilling Mozambique Lda, de Tete, para efectuar os trabalhos de perfuração.

A African Queen Mines informou ainda que, antes de se poder dar início aos trabalhos de perfuração, foram abertas estradas de acesso, escolhidos os locais e transportado o equipamento necessário.

“Neste primeira fase de prospecção serão efectuados 15 perfurações a uma profundidade de 150 a 200 metros”, pode ainda ler-se no comunicado, que acrescenta que os trabalhos já se iniciaram nas três primeiras.

A African Queen Mines é uma empresa que centra a sua actividade na prospecção de recursos dispondo de vários explorações mineiras na África Austral e Ocidental.

Em Moçambique, onde opera através da sua subsidiária PAM Moçambique Ltd, e no Gana, através da AQ Ghana Gold Ltd., faz prospecção de ouro e de outros metais e no Botsuana e Namíbia, através da PAM Botsuana, de diamantes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH