Exportações de Moçambique cresceram 13 por cento no 1º trimestre

12 July 2010

Maputo, Moçambique, 12 Jul – As exportações de Moçambique registaram um crescimento homólogo de 13,3 por cento para 456,3 milhões de dólares no primeiro trimestre do ano, de acordo com dados do Banco de Moçambique.

“No primeiro trimestre de 2010, exceptuando o camarão e o gás, os valores dos restantes principais produtos de exportação cresceram impulsionadas fundamentalmente pela retoma dos respectivos preços médios no mercado internacional comparativamente ao igual período de 2009”, revela o documento Preços e Conjuntura Financeira do banco central.

Assim, contribuíram para o aumento das exportações totais nos primeiros três meses deste ano a castanha de caju, amêndoa de caju, energia eléctrica, ilmenite, alumínio, açúcar, algodão, tabaco, madeira e “bunkers” (combustíveis adquiridos em portos nacionais por transportadoras).

As exportações dos grandes projectos totalizam 375,9 milhões de dólares, o correspondente a 82,4 por cento do total, enquanto que as restantes exportações foram de 80,3 milhões de dólares.

As exportações de lingotes de alumínio registaram um crescimento de 48 por cento no primeiro trimestre deste ano, totalizando 268,5 milhões de dólares contra os 182 milhões de dólares registados nos primeiros três meses de 2009, devido ao aumento em cerca de 60 por cento do preço do alumínio nos mercados internacionais.

Em 2009, Moçambique registou um momento difícil em termos de colocação dos seus produtos no mercado internacional, devido à queda da procura de matérias-primas, aliada à crise financeira internacional. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH