Governo de Moçambique aumenta área do Parque Nacional da Gorongoza

21 July 2010

Maputo, Moçambique, 21 Jul – O governo de Moçambique decidiu aumentar de 3700 para 4067 quilómetros quadrados a área do Parque Nacional da Gorongoza (PNG), no centro do país, para evitar a destruição do seu ecossistema, afirmou terça-feira em Maputo o porta-voz do Conselho de Ministros.

Alberto Nkutumula afirmou que o aumento dos limites do PNG, um dos maiores de África, será feito através da anexação da serra da Gorongosa e da criação de uma zona tampão em redor do parque.

“Foi criada uma zona tampão em redor do Parque Nacional da Gorongosa, justamente para se constituir uma região intermédia entre o parque e a zona de exploração livre de recursos minerais, faunísticos e florestais”, disse Alberto Nkutumula.

Ao estabelecer-se uma zona intermédia entre o parque e a zona de exploração de recursos, pretende-se que as actividades da população “não tenham influência negativa sobre o ecossistema da região”, sublinhou o porta-voz.

Segundo Alberto Nkutumula, sem a delimitação terça-feira decretada, os danos ao ecossistema do PNG, do próprio distrito da Gorongosa e da cidade da Beira, capital da província de Sofala, onde está o parque, seriam irreparáveis. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH