Mota-Engil vai constituir consórcio para operar em Angola

21 July 2010

Luanda, Angola, 21 Jul – Um consórcio denominado Mota-Engil/Angola deverá ser constituído até ao final deste ano, anunciou terça-feira, em Luanda, o presidente do grupo português Mota-Engil, António Mota.

O empresário português anunciou a constituição do consórcio quando intervinha na cerimónia de inauguração da Novicer – Cerâmica de Angola, na presença dos presidentes de Angola, José Eduardo dos Santos, e de Portugal, Cavaco Silva.

António Mota disse que a sociedade, de direito angolano, será formada pela Mota-Engil, com 51 por cento das acções, e por um consórcio composto pela Sonangol Holding, Banco Privado do Atlântico, Finicapital e Globalpactum, com os restantes 49 por cento.

A nova sociedade vai substituir a Mota-Engil em todos os seus projectos em curso em Angola e terá como objectivo a construção civil de obras públicas e privadas, bem como outras actividades em vários sectores industriais.

A nova fábrica de tijolos, inaugurada pelos dois presidentes, é o resultado de um investimento da empresa portuguesa Mota-Engil e da Empresa Nacional de Cerâmicas de Angola “Unicerâmicas” de 36 milhões de dólares.

Localizada na Estrada de Kifangondo, Cacuaco, a Novicer possui uma capacidade de produção de cerca de dois milhões de tijolos/mês, garantindo emprego a 98 funcionários, 91 dos quais angolanos.

Na primeira fase de funcionamento, a empresa irá produzir tijolo de função horizontal, embora a prazo comece a produzir telhas e um produto inovador para África denominado “tijolo termo-acústico”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH