Caminhos-de-Ferro de Luanda iniciam transporte de mercadorias entre Luanda e Dondo

22 July 2010

Luanda, Angola, 22 Jul – Os Caminhos-de-Ferro de Luanda (CFL) iniciaram esta semana o transporte regular de mercadorias entre as localidades Quilómetro 30, município de Viana (Luanda), Catete e Maria Teresa (Bengo), Zenza do Itombe e Cassualala (Kwanza Norte).

O chefe de operações do CFL, Aurélio Russo, disse que estas viagens visam testar a linha férrea e permitir a compactação e o equilíbrio dos carris, após obras de recuperação dos cerca de 400 quilómetros do troço.

Aurélio Russo disse ainda que irão ser efectuadas nesta linha duas viagens por semana, sendo que a empresa irá cobrar 80436 kwanzas (867 dólares) por vagão para 44 toneladas.

No passado dia 15, a CFL voltou a estabelecer a ligação Luanda/Dondo, 10 anos depois ter sido forçado a interromper a ligação devido à guerra civil que assolou Angola.

Nesta viagem, o comboio chegou ao Dondo com uma tripulação de seis técnicos (cinco angolanos e um assessor chinês), atrelando quatro vagões de mercadorias e seis cisternas de combustíveis, com 264 mil litros.

O município de Cambambe, localizado a 75 quilómetros de Ndalatando, capital da província do Kwanza Norte, é ponto de confluência para quem circula de Luanda (capital) para o nordeste, sul e leste de Angola e vice-versa.

A ligação ferroviária entre as cidades de Luanda/Ndalatando/Malanje está prevista para Dezembro deste ano, um facto que deverá impulsionar o desenvolvimento destas regiões.

Os Caminhos-de-Ferro de Luanda (CFL) foram inaugurados em 1909 com uma extensão total de 479 quilómetros, incluindo pequenos ramais.

Após a independência, os CFL entraram num longo período de declínio, dada a redução do volume de carga transportada (de 301 mil toneladas em 1973 para 54 toneladas em 1990), perda de pessoal qualificado, dificuldades financeiras e falta de investimentos resultantes na deterioração da linha. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH