Câmara Trade Brasil – Portugal, do Ceará, no Brasil quer reforçar negócios com Angola

2 August 2010

Luanda, Angola, 2 Ago – A Câmara Trade Brasil – Portugal, do Ceará, está a ultimar uma série de acordos de cooperação com a Associação Industrial de Angola (AIA), a Câmara de Comércio e Indústria de Angola (CCIA) e com a Liga dos Jovens Empresários de Angola, escreve o jornal O País..

O anúncio foi feito por Roberto Marinho, presidente da Câmara Trade Brasil – Portugal e representante da Câmara Trade Brasil Angola, e foi feito no decurso de um encontro entre empresários brasileiros à margem da recente Feira Internacional de Luanda (Filda).

De acordo com Roberto Marinho, “Luanda não é mais a mesma de anos atrás”. “Registaram-se melhorias significativas ao nível das autoridades de imigração, da polícia e das equipes do aeroporto”. Para este responsável, outro exemplo das mudanças observadas na cidade é a existência do serviço de táxi.

Segundo o empresário, as oportunidades são muitas e variadas e as “concessionárias de automóveis, sector de auto peças, construtoras, escritórios de engenharia e arquitectura, projectos em meio ambiente, agro-negócios vivem um momento de grande agitação”.

O gestor garantiu que a maioria das empresas que participou na Filda tem “grande experiência” no mercado africano e apresenta produtos como torres para transmissão de energia eléctrica, telecomunicações, unidades para armazéns, carroçarias para veículos, alimentos, calçados e utilidades domésticas. A lista de produtos que esteve em exposição no pavilhão brasileiro incluiu, ainda, equipamentos agrícolas, motores e geradores de energia, materiais para construção e módulos metálicos habitacionais.

Segundo Roberto Marinho a sua visita a Angola teve como objectivo principal alertar os empresários brasileiros, especialmente os do Ceará para o potencial de mercado e mostrar as oportunidades de novas parcerias que possam surgir, uma vez que as portas já estão abertas pelos angolanos.

Estiveram presentes na FILDA empresas de São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Goiás, Ceará e Paraná.

Entre 2005 e 2009, as trocas comerciais entre Brasil e Angola evoluiu de USD 520 milhões para USD 1,5 mil milhões, correspondendo a um aumento de 182,6 por cento.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH