Centro de investigação agrária da China em Moçambique pronto em Outubro

6 August 2010

Maputo, Moçambique, 6 Ago – O Centro de Pesquisa e Transferência de Tecnologia Agrícola da China em Moçambique, localizado no distrito de Boane, província de Maputo deverá estar concluído em Outubro, anunciou quinta-feira o ministro moçambicano da Ciência e Tecnologia, Venâncio Massingue.

O Centro, o primeiro de dez estruturas semelhantes a serem construídas em África, no âmbito da cooperação China – África, vai formar produtores moçambicanos em tecnologias agrícolas, sendo que numa primeira fase vai trabalhar na investigação de cereais e vegetais. Posteriormente será feita a formação para investigadores de animais.

O ministro disse ainda que Moçambique pretende que o centro venha a contribuir para o aumento da produção para o consumo interno e exportação.

O projecto iniciado em Fevereiro de 2009 é financiado em 4 milhões de euros pela China, tem uma área de 56 hectares e está localizado junto à Estação Agrária do Umbelúzi.

Moçambique participa nas despesas referentes a energia, água e outros materiais necessários à construção do edifício.

Nos primeiros três anos de funcionamento, técnicos chineses vão treinar quadros moçambicanos que irão integrar a equipa de trabalho do centro. A equipa irá contar igualmente com parte dos 200 jovens moçambicanos que estão a fazer mestrado e doutoramento no estrangeiro.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH