Banco Mundial apoia agro-negócio em Moçambique

9 August 2010

Maputo, Moçambique, 9 Ago -O International Finance Corporation – IFC – membro do Grupo Banco Mundial, vai aumentar as acções de formação na área do agro-negócio em Moçambique om o objectivo de ajudar as micro, pequenas e médias empresas a melhor acederem aos mercados e meios financeiros.

Um comunicado do IFC refere que o objectivo é colaborar com três programas de agro-negócios em Moçambique.

O primeiro programa destina-se apoiar as iniciativas privadas no sector agrícola com vista ao melhoramento do rendimento dos pequenos agricultores a partir da comercialização da produção.O segundo prevê o melhoramento das cadeias de valor da banana, caju, amendoim, milho, manga, ananás, gergelim e soja.

Finalmente o IFC vai lançar ainda programas de apoio a diversas actividades, tais como avicultura, ligações florestais e moagem.

A IFC vai trabalhar em coordenação com a Agência Dinamarquesa para o Desenvolvimento Internacional (DANIDA) na componente comercialização agrícola, bem como com a USAID, através do programa AgriFUTURO, no melhoramento das cadeias de valor de diversos produtos, e com a Technolserve, na componente de desenvolvimento de actividades ligadas à exploração florestal e processamento de cereais.

O comunicado de IFC refere ainda que aquele organismo financeiro vai trabalhar em estreita ligação com sete parceiros na implementação do seu programa em Moçambique, incluindo a Escola Superior de Negócios e Empreendedorismo de Chibuto, da Universidade Eduardo Mondlane e a Sociedade de Investimentos (GAPI), para ajudar a organizar eventos educacionais, identificar necessidades de formação, adaptar conteúdos, gerir as actividades de formação, garantir a sua qualidade, acompanhar e avaliar o impacto da formação.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH