Electricidade de Moçambique investe USD 100 milhões por ano na expansão da rede nacional

9 August 2010

Maputo, Moçambique, 9 Ago – O governo de Moçambique, através da empresa Electricidade de Moçambique (EDM), investe anualmente USD 100 milhões em projectos de expansão da rede eléctrica nacional revelou o Ministro da Energia, Salvador Namburete.

O ministro que falava no final do VI Conselho Coordenador do sector que decorreu em Manica disse ainda que anualmente a EDM efectua em média 100 mil novas ligações domiciliárias e que até 2009 haviam sido ligados 90 dos 128 distritos de Moçambique.

De acordo com Namburete, citado pelo jornal Notícias, nos últimos cinco anos a EDM electrificou 40 sedes distritais com energia da rede nacional, num investimento avaliado em cerca de USD 500 milhões.

Até ao primeiro semestre de 2010 foram efectuadas 54 mil novas ligações domiciliárias em todo o país, prevendo-se que seja a meta de 100 mil novas ligações previstas para o presente ano seja superada.

Apenas 38 distritos restam de um conjunto de 128 que deverão ser ligados até 2015, meta que Namburete assegura que será cumprida.

No tocante a energias novas e renováveis, Namburete anunciou que paralelamente à energia da rede nacional Moçambique vai passar a dispor de três fábricas de montagem de painéis solares como forma de proporcionar fontes alternativas de energia às populações nas zonas rurais.

Neste momento pelo menos 150 escolas, 150 centros de Saúde e 40 localidades estão ligadas à energia solar em todo o Moçambique, em projectos financiados pelo Banco Mundial e Governo espanhol, com um valor de USD 185 mil dólares.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH