Petromoc, Ecomoz e Galp unem-se na produção de biodiesel em Moçambique

9 August 2010

Maputo, Moçambique, 9 Ago – A empresa moçambicana Moçamgalp vai investir nos próximos 5 anos, USD 19 milhões, na província de Manica, na produção de biodiesel a partir de óleo vegetal da “jatropha Curca”, escreve hoje o jornal Notícias.

A Moçamgalp é detida em 50 por cento, pela Galp, 49 por cento pela Ecomoz e 1 por cento pela Petromoc. A Ecomoz é uma empresa participada pela Petromoc, estando actualmente a produzir biodisel a partir de óleo de coco na Matola, no sul de Moçambique.

A Moçamgalp é um projecto de produção de óleos vegetais a partir da “jatropha” com base na província de Manica. A empresa prevê, no entanto, a expansão ao distrito de Lugela, na província da Zambézia.

Numa primeira fase o projecto ocupa uma área de 10.000 hectares mas está previsto um cerscimento até aos 50.000 hectares.

Segundo o jornal a Galp fica responsável pelo o financiamento e desenvolvimento da vertente agrícola enquanto a Petromoc/Ecomoz assumirá as acções de licenciamento do projecto, aquisição do direito de uso de terras bem como de todas as questões de ordem jurídico- legal para a implementação do projecto.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH