Novo recinto da Feira Internacional de Maputo vai continuar a aguardar que haja fundos

17 August 2010

Maputo, Moçambique, 17 Ago – Os fundos disponíveis para a construção do novo recinto que irá acolher as próximas edições da Feira Internacional de Maputo estão muito aquém do seu custo real, afirmou segunda-feira em Maputo o presidente do Instituto de Promoção de Exportações (Ipex).

Citado pelo diário Notícias, de Maputo, João Macaringue adiantou que dos 44 milhões de dólares necessários para construir o novo recinto e instalações de apoio apenas existem 11 milhões de dólares, valor resultante da venda do actual terreno da feira na baixa de Maputo para que aí possa surgir um projecto imobiliário.

Macaringue recordou que o plano inicial previa a construção de um pavilhão multi-usos e parques de estacionamento mas, por se ter entendido que não seria sustentável que os empresários se deslocassem ao local para expor os seus produtos e tivessem todos os dias de regressar à cidade, foi decidido redesenhar o projecto a fim de incluir hotéis e outras infra-estruturas complementares.

“O Estado não possui recursos financeiros para o desenvolvimento dessas infra-estruturas pelo que foi pedido ao sector privado que invista no projecto”, sustentou Macaringue, sem indicar a previsão do arranque das obras de Marracuene, que deveriam ter-se iniciado há já alguns anos.

Falando especificamente sobre a edição deste ano da Feira Internacional de Maputo, a decorrer de 30 de Agosto a 5 de Setembro, João Macaringue confirmou a inscrição, até segunda-feira, de 14 países, 31 empresas estrangeiras e cerca de 201 empresas nacionais.

Entre os países ou territórios que confirmaram a sua participação figuram a Itália, Portugal, Espanha, Brasil, África do Sul, Tanzânia, Macau, Zâmbia, Zimbabwe, Quénia, Malawi, Botswana, Indonésia e Suazilândia.

Como habitualmente, Portugal vai ocupar a maior área da feira, com 864 metros quadrados, a que se seguem a África do Sul e a Itália, com 457 metros e 360 metros quadrados, respectivamente. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH