Sul-africana Pan African Resources pretende iniciar extracção de ouro em Moçambique em 2012

19 August 2010

Joanesburgo, África do Sul, 19 Ago – A empresa mineira sul-africana Pan African Resources, com projectos tanto na África do Sul como em Moçambique, projecta começar a extrair ouro na zona central de Moçambique em 2012, afirmou quarta-feira em Joanesburgo o director executivo.

Jan Nelson informou estar concluída a análise inicial do local na província de Manica, próximo da fronteira de Moçambique com o Zimbabué e da vila fronteiriça de Mutare, estando a empresa empenhada actualmente na conclusão do estudo de viabilidade económica, que deverá ser enviado ao governo de Moçambique dentro dos próximos três meses.

Após a atribuição da licença mineira, disse Nelson, as operações na mina deverão iniciar-se 15 meses mais tarde.

De acordo com a informação disponibilizada na sua página electrónica, a Pan African Resources já investiu 135 milhões de rands (18 milhões de dólares) no projecto de Manica no decurso dos últimos quatro anos.

Jan Nelson disse quarta-feira que a empresa vai extrair 30 mil onças (cerca de 933 quilogramas) de ouro por ano indo iniciar as operações com um poço aberto a uma profundidade de 40 metros.

O director executivo da Pan African Resources disse ainda não ser um dado adquirido a construção no local de uma refinaria de ouro, o que contradiz as afirmações das autoridades moçambicanas.

Em declarações ao jornal estatal Notícias, de Maputo, a ministra dos Recursos Minerais, Esperança Bias, revelou que a fundição de ouro teria um custo de 600 milhões de rands (80 milhões de dólares) e que numa fase inicial daria emprego a 300 pessoas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH