Governo de Moçambique poderá cancelar autorização para refinaria em Nacala-a-Velha

20 August 2010

Maputo, Moçambique, 20 Ago – O governo de Moçambique poderá cancelar a autorização para o projecto de construção de uma refinaria em Nacala-a-Velha, devido ao incumprimento dos prazos de execução do empreendimento, afirmou o ministro da Energia, Salvador Namburete.

Citado pela imprensa moçambicana, Namburete salientou que o acordo para a construção da refinaria foi assinado em Outubro 2007 mas, até hoje, nada foi feito, pelo que a licença de exploração concedida à empresa Ayr Logística deverá vir a ser retirada.

A ameaça de cancelar o projecto de refinaria de petróleo de Nacala-a-Velha acontece na mesma semana em que o governo anunciou a descoberta de petróleo na zona de prospecção da norte-americana Anadarko, na bacia do Rovuma.

De acordo ainda com o titular da pasta de energia, a decisão poderá ser tomada pelo facto de a empresa Ayr Logística não ter dado sinais concretos ao governo se retoma o projecto.

O ministro da Energia referiu que o aviso serve também para o projecto de refinaria de Matutuíne, em Maputo, da Oil Moz, avaliado em oito mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH