Governo de Moçambique pretende ligação aérea entre Maputo e Xangai na China

27 August 2010

Maputo, Moçambique, 27 Ago – O governo de Moçambique pretende ver estabelecida uma ligação aérea entre Maputo e Xangai a fim de dinamizar o intercâmbio económico e comercial bilateral, afirmou quinta-feira em Maputo o ministro moçambicano da Planificação e Desenvolvimento.

Após a assinatura de dois memorandos de entendimento com uma missão empresarial chinesa de Xangai, que concluiu quinta-feira uma visita de prospecção de negócios de 10 dias a Moçambique, Aiuba Cuereneia que “de imediato queremos avançar para o estabelecimento de uma ligação aérea com a China, concretamente com a capital económica Xangai”.

O ministro entregou ao chefe da missão empresarial chinesa, Sao Angru, uma carta na qual o governo de Moçambique manifesta a sua disponibilidade para a execução desse propósito.

Em resposta ao pedido do governo moçambicano, Sao Angru referiu que a existência de uma ligação aérea entre Maputo e Xangai será um passo importante para a dinamização do turismo entre os dois países, estimando em mais de um milhão o número de turistas chineses que poderão visitar Moçambique por ano.

Para a materialização desse objectivo, bem como de outras intenções definidas nos memorandos quinta-feira assinados, serão criadas equipas técnicas dos dois países, que vão definir um cronograma e as condições necessárias. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH