Governo de Moçambique considera prioritária a industrialização do país

31 August 2010

Maputo, Moçambique, 31 Ago – O governo de Moçambique pretende dar prioridade à promoção de zonas industriais no âmbito do plano de ordenamento territorial, anunciou segunda-feira em Maputo o Presidente da República, na abertura da 46ª edição da Feira Internacional de Maputo (Facim).

Em segundo lugar, prosseguiu Armando Guebuza, surgem os parques industriais, espaços devidamente infra-estruturados para o início imediato da actividade industrial, sendo o terceiro vector a elaboração de projectos concretos para implantação quer nos parques quer nas zonas industriais.

Por último, há a necessidade do fortalecimento contínuo do sector privado, através da melhoria do ambiente de negócios, tendo Guebuza afirmado que o governo de compromete em prosseguir com reformas para que Moçambique continue a ser um destino atractivo e seguro do investimento e se afirme como uma nação apostada na sua própria industrialização.

A Facim é uma realização de carácter anual e nela juntam-se empresários de vários ramos de actividade, entre nacionais e estrangeiros, contando a edição deste ano com 13 países, 32 empresas estrangeiras e 201 nacionais, totalizando mais de 488 expositores.

A Facim 2010 encerra no próximo domingo e, durante a semana, para além de contactos empresariais, deverá acolher eventos ligados à promoção das potencialidades de Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH