46ª Feira Internacional de Maputo, Moçambique, encerrará dois dias mais tarde, a 7 de Setembro

3 September 2010

Maputo, Moçambique, 3 Set – A edição deste ano da Feira Internacional de Maputo (Facim) encerrará a 7 de Setembro, feriado nacional em Moçambique, dois dias mais tarde do que o inicialmente previsto, foi quinta-feira anunciado em Maputo.

A decisão visa compensar os expositores pelos eventuais prejuízos resultantes do fecho do certame na passada quarta-feira e parcialmente na quinta-feira devido aos incidentes registados em Maputo e Matola na sequência do aumento dos preços de alguns produtos de primeira necessidade.

O certame reabriu na quinta-feira, embora com muitos pavilhões encerrados, com o Instituto para a Promoção de Exportações (Ipex), um dos principais organizadores do evento, a antecipar um impacto negativo nas receitas do evento, embora sem avançar números.

Os pavilhões de Portugal, Itália, Espanha, África do Sul, Tanzânia, Macau, Zâmbia, Zimbabué, Quénia, Malawi, Botswana, Indonésia e Suazilândia encontravam-se encerrados.

No pavilhão do Brasil, o único aberto na quinta-feira, o seu director Marco Audrá afirmou que a fraca afluência de pessoas à feira não terá graves implicações, uma vez que será possível recuperar nos próximos dias os negócios perdidos.

Na edição deste ano, a 46ª, estão presentes, além de empresas moçambicanas, empresas de 14 países e territórios, contra 8 na edição do ano passado, de Portugal, Itália, Espanha, África do Sul, Brasil, Tanzânia, Macau, Zâmbia, Zimbabwe, Quénia, Malawi, Botswana, Indonésia e Suazilândia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH