Floresta do Maiombe, em Angola, vai ser protegida

16 September 2010

Huambo, Angola, 16 Set – A floresta do Maiombe, em Cabinda, foi classificada como uma área restrita de conservação ambiental, a fim de prevenir a degradação da sua biodiversidade, decidiu o Ministério do Ambiente de Angola.

A decisão tomada pelo conselho consultivo do ministério, reunido desde terça-feira na província do Huambo, surgiu na sequência da apresentação de um estudo indicando que aquela floresta está actualmente sob ameaça devido à pressão humana, que consiste fundamentalmente na exploração selectiva e não sustentável de madeira e práticas de agricultura itinerante e caça furtiva.

Além do parque do Maiombe, o conselho consultivo aprovou também outras duas áreas de conservação natural, o parque nacional do Mussuma (Moxico) e do Luiana (Kuando Kubango).

De acordo com a ministra do Ambiente, Fátima Jardim, o sector está a realizar trabalhos de investigação e levantamentos para que possa aprovar novas áreas e garantir, através de políticas concertadas, a devida conservação daqueles espaços.

O segundo conselho consultivo do Ministério do Ambiente está a prestar particular atenção à celebração da biodiversidade em Angola, e vai, entre outros aspectos, abordar questões relacionadas com a restauração dos parques nacionais e propostas de integração de novas reservas de conservação.

Está também a analisar o diploma legal regulador das actividades ambientais, os mecanismos de fiscalização, o fomento de políticas de sensibilização e educação ambiental.

O 2º conselho consultivo do Ministério do Ambiente encerra hoje os seus trabalhos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH