Bacia de Santos, no Brasil, pode conter mais petróleo do que o já confirmado

21 September 2010

São Paulo, Brasil, 21 Set – As reservas do chamado pré-sal da bacia de Santos poderão conter mais 15/20 mil milhões de barris do que os 14 mil milhões já confirmados pela Petrobras, segundo um estudo encomendado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), segunda-feira divulgado pela imprensa brasileira.

O jornal O Estado de São Paulo noticia que o cálculo é da certificadora Gaffney, Cline & Associates (CGA), indicando ainda o estudo que o potencial do pré-sal é equivalente ao das grandes bacias produtoras mundiais, como as areias betuminosas do Canadá e a faixa do Orinoco, na Venezuela.

O relatório foi feito para auxiliar a ANP nas negociações com a Petrobras para venda de barris do pré-sal no processo chamado de cessão onerosa, que garantiu ao governo brasileiro recursos para participar na capitalização da estatal.

A ANP costuma trabalhar com um potencial de 50 mil milhões de barris para o pré-sal, mas é a primeira vez que reservatórios fora das concessões da Petrobras foram certificados oficialmente.

Segundo a GCA, o volume certificado é equivalente à soma de uma série de descobertas imensas feitas nos últimos anos, como o campo de Kashagan, no Cazaquistão, a área no golfo do México que permitiu a instalação da Thunder Horse, a maior plataforma de petróleo do mundo, além de áreas na bacia de Campos como Marlim e Roncador. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH