Parceiros que apoiam Moçambique vão desembolsar mais fundos para projectos de energia

21 September 2010

Maputo, Moçambique, 21 Set – As negociações para o desembolso de 530 milhões de dólares em fundos adicionais para financiar projectos de geração de energia eléctrica em Moçambique estão em fase avançada, afirmou o embaixador da Suécia em Moçambique, Torvald Akesson.

Citado pelo jornal Notícias, de Maputo, o embaixador escusou-se, no entanto, a especificar a data do início dos desembolsos, que irão ter lugar em resposta a um pedido formulado pelo governo de Moçambique.

Presentemente, os projectos em curso no sector de energia, apoiados pelos parceiros de cooperação, estão avaliados em 620 milhões de dólares, num investimento que se espera contribua não só para o aumento do acesso, como também para a melhoria da qualidade de electricidade fornecida aos consumidores.

Falando há dias durante a reunião anual de consulta entre os parceiros e governo, Torvald Akesson disse que o país tem de encontrar outras formas de financiamento para a execução de projectos de energias renováveis.

Embora tenha considerado de avultados os investimentos que actualmente estão a ser levados a cabo neste sector, aquele diplomata referiu que eles são ainda insignificantes, tendo em conta a dimensão e as necessidades do país.

Inserido nos esforços com vista ao aumento do acesso à energia existem projectos de geração de grande escala – barragem e central de Mphanda Nkuwa e as termoeléctricas a carvão de Benga e de Moatize – e os de pequena escala – recuperação das centrais de Chicamba, Mavuzi e Corrumana, cuja preparação decorre dentro da normalidade, conforme garantias do governo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH