Portuguesa Sonae Sierra quer reforçar presença no Brasil e estudar outros mercados

21 September 2010

Lisboa, Portugal, 21 Set – O mercado português de centros comerciais está esgotado pelo que para crescer a Sonae Sierra vai reforçar a sua presença no Brasil e estudar outros mercados como o da China, afirmou o novo presidente executivo da empresa, Fernando Guedes de Oliveira.

Em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, Fernando Guedes de Oliveira acrescentou que o mercado da recuperação é uma hipótese para o crescimento da empresa, tendo acrescentado que, por exemplo, na Alemanha metade do parque existente precisa de ser reestruturado, quer pela via da modernização, quer pela expansão.

A actividade externa vai passar pela Ásia, concretamente pela China, embora o presidente da Sonae Sierra tenha afirmado que o mercado chinês ainda foi estudado.

Guedes de Oliveira disse que a situação económica do Brasil vai continuar a evoluir favoravelmente, “havendo ainda muito que fazer no negócio dos centros comerciais”.

“Somos um dos poucos privilegiados que está no Brasil e temos vindo a beneficiar dessa situação”, disse o executivo, para garantir que a Sonae Sierra mantém o interesse em cotar a participada local na bolsa brasileira.

Em Portugal, a Sonae Sierra só tem uma operação nova, nas Caldas da Rainha, para a qual espera licenciamento. (macauhub)

Fundada em Portugal em 1989, a Sonae Sierra é detida pelos grupos Sonae, (Portugal) com 50 por cento, e Grosvenor (Reino Unido) com 50 por cento, centrando a sua actividade em centros comerciais, estando actualmente presente em Portugal, Espanha, Itália, Alemanha, Grécia, Roménia, Brasil e Colômbia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH