Grupo Dyrup vai construir fábrica de tintas em Angola

28 September 2010

Luanda, Angola, 28 Set – O grupo dinamarquês de tintas Dyrup vai dar início à construção de uma nova unidade fabril na zona industrial de Viana, perto de Luanda, disse o director comercial da Dyrup Ibéria, José Pedro Barbosa.

Barbosa, que cumulativamente exerce funções na subsidiária angolana Tintas Bondex Angola e é igualmente responsável pela área de exportação para outros mercados dos países africanos de língua oficial portuguesa, adiantou que a nova fábrica deverá começar a laborar no final do primeiro trimestre de 2011.

José Pedro Barbosa disse ainda que a decisão quanto ao investimento em Angola, que será superior a 5 milhões de dólares no decurso dos próximos 3 anos, surge no seguimento de um ambicioso plano de expansão do grupo Dyrup, que levou já à aquisição, no ano passado, da fábrica de tinta Malfarb na Polónia, e prevê novas aquisições de empresas do sector das tintas até 2011.

“Neste momento, terminámos o processo de constituição da Tintas Bondex Angola (TBA), que representa a primeira subsidiária da Dyrup Ibéria e, simultaneamente, a primeira do grupo Dyrup fora da Europa”, declarou o director comercial da Dyrup Ibéria ao jornal O País

José Pedro Barbosa informou ainda que enquanto a fábrica não iniciar a laboração, todas as operações manter-se-ão concentradas no actual armazém, com capacidade para dois milhões de litros de tinta, estando incluído neste projecto a abertura de uma loja em Luanda e, a prazo, noutras localidades.

O grupo Dyrup, fundado em 1928, teve a sua origem na Dinamarca e, através das suas subsidiárias, incluindo a casa-mãe, desenvolve a actividade de fabrico e comercialização de tintas, vernizes e produtos similares em mais de 25 países, dispondo actualmente de seis unidades de produção, duas na Dinamarca e uma na Polónia, França, Espanha e Portugal. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH