Transportadora aérea portuguesa EuroAtlantic já tem licença para voar para a Guiné-Bissau

29 September 2010

Lisboa, Portugal, 29 Set – A companhia aérea portuguesa de voos não-regulares EuroAtlantic pretende começar em Dezembro próximo a voar para a Guiné-Bissau, com o estabelecimento de um voo por semana para aquele destino, de acordo com a mais recente edição do semanário Expresso.

O semanário adiantou que a EuroAtlantic já tem licença do Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC) de Portugal para fazer a ligação entre Portugal e a Guiné-Bissau, que reforçará a actividade da companhia no mercado africano.

A EuroAtlantic já opera há dois anos em São Tomé e Príncipe, através da STP Airways. Além da Guiné-Bissau, a empresa portuguesa também quer voar para a Guiné Equatorial, decorrendo conversações há três meses para obter autorização para esse destino.

Benim, Gâmbia e Senegal são outros países no radar da EuroAtlantic, tendo o presidente da EuroAtlantic, Tomaz Metello, declarado ao jornal “procuramos países produtores de petróleo e com capacidade financeira, pelo que também estamos a olhar para o Congo e Costa do Marfim”.

A expectativa, de acordo com o Expresso, é que os negócios em África venham a gerar para a EuroAtlantic uma receita anual de 40 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH