Banco de Cabo Verde vai reforçar fiscalização das instituições financeiras a operar no país

30 September 2010

Praia, Cabo Verde, 30 Set – O Banco de Cabo Verde (BCV), que na quarta-feira comemorou 35 anos de existência, vai reforçar, em breve, o seu papel de regulador das instituições financeiras a operar no país, garantiu o administrador Manuel Frederico.

O administrador do banco central adiantou que as alterações que vão ser introduzidas vão no sentido de exigir o cumprimento das regras estabelecidas através de uma maior fiscalização.

“Significa criar os melhores instrumentos e exigir que as instituições cumpram as suas obrigações, tendo o banco central a responsabilidade de criar as melhores condições para que a fiscalização se faça de modo cada vez mais eficiente”, disse.

Um dos sectores que deverá ser melhor regulado no futuro, segundo Manuel Frederico, é o das sucursais bancárias “off-shore” instaladas no país.

Relativamente àquelas instituições, Manuel Frederico garantiu estar o banco central a trabalhar no sentido de melhorar a regulamentação do sector a fim de “precaver eventuais aspectos menos positivos”.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH