Banco Africano de Desenvolvimento vai financiar 2ª fase do projecto rodoviário do Corredor de Nacala

5 October 2010

Maputo, Moçambique, 5 Out – O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) aprovou a concessão de um empréstimo de 95,6 milhões de dólares a Moçambique para financiar a segunda fase do projecto rodoviário do Corredor de Nacala, informou o diário Notícias, de Maputo.

Concebido para melhorar o acesso ao porto de Nacala por parte da Zâmbia, Malawi e do interior de Moçambique, o projecto rodoviário do Corredor de Nacala cobre um total de 1033 quilómetros de estradas distribuídas por Moçambique, Zâmbia e Malawi, além de dois postos fronteiriços a serem construídos entre Malawi e Zâmbia e entre Malawi e Moçambique.

A primeira fase do empreendimento, que foi projectado para ser realizado em duas fases, cobre 348 quilómetros de estradas em território moçambicano e outros treze quilómetros de estradas secundárias em território do Malawi.

Para a segunda fase, de acordo com o BAD, estão agendadas intervenções que constituirão uma espécie de continuação da primeira fase, envolvendo 360 quilómetros de estradas na Zâmbia, entre Luangwa e Mwami.

O projecto inclui ainda um trabalho subsidiário destinado a melhorar e asfaltar 114,7 quilómetros de estradas nos três países.

Os proponentes deste projecto esperam que o mesmo ajude a reduzir os custos dos transportes, melhore o acesso aos mercados e serviços sociais e permita ainda elevar a segurança rodoviária.

No total, o projecto tem um custo estimado em 104 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH