Sector dos serviços já representa 70 por cento do PIB de Cabo Verde

7 October 2010

Praia, Cabo Verde, 7 Out – O sector dos serviços representa já 70 por cento do produto interno bruto (PIB) de Cabo Verde, disse quarta-feira na cidade da Praia o secretário de Estado dos Negócios estrangeiros cabo-verdiano, Jorge Borges.

De acordo com a agência noticiosa cabo-verdiana Inforpress, o secretário de Estado falava na abertura do seminário regional sobre comércio de serviços, promovido pela Direcção-Geral da Indústria e Comércio (DGIC), em parceria com a Organização Mundial do Comércio (OMC).

“Este sector representa, em Cabo Verde, 70 por cento do PIB, o que não acontece em muitos outros países, pelo que temos alguma experiência para dar na área bancária, das telecomunicações e na do governo electrónico], domínio em que temos avançado bastante”, precisou.

Segundo Jorge Borges, a balança de serviços apresenta um saldo positivo de 129 milhões de euros, pelo que, a nível da região africana, defendeu, deve desenvolver-se a integração dos serviços e economias a fim de se criarem complementaridades, tanto a nível do turismo como no dos transportes.

A nível nacional, acrescentou, o governo está a preparar legislação adaptada à área dos serviços, com uma visão de integração de políticas para facilitar o investimento e melhorar a competitividade no sector.

No seminário participam representantes de 22 Estados africanos e uma representação da OMC, organização a que Cabo Verde aderiu há dois anos, pretendendo-se melhorar os conhecimentos sobre o Acordo Geral de Comércio de Serviços (AGCS), tendo em vista as negociações permanentes no âmbito do Programa de Doha para o Desenvolvimento (PDD). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH